Série Grande Exemplos (4) Raabe – A pecadora que experimentou a salvação

Série Grande Exemplos (4) Raabe – A pecadora que experimentou a salvação

Josué 2: 10 – 14 Introdução Muitos de vocês já ouviram falar de Raabe, uma prostituta que ajudou a construir a história de Israel. Vocês sabem como a relação entre Israel e os es POR ISSO, ESSA NÃO É APENAS UMA BIOGRAFIA, É A HISTÓRIA DA SALVAÇÃO. É A HISTÓRIA DE RAABE; É A HISTÓRIA DE MUITAS DAS PESSOAS QUE ESTÃO AQUI, MAS PODE SER TAMBÉM A SUA HISTÓRIA. 3 fundamentos da doutrina da salvação expressados em Raabe. 1- A salvação é um ato inicial de Deus para o homem Não sei se você lembra daquele corinho antigo “quando eu cheguei aqui o Senhor já estava”. O que ele tem de verdade é que quando nós chegamos para pregar o evangelho O SENHOR JÁ ESTAVA ALI. a)O Senhor pode encontrar você no meio das mais densas trevas, afundado em lamaçal, ele é o que vai atrás de você. Às vezes pensamos em termos de pecados mais obscuros que outros… Obscuro é o pecado em sim. Paulo fala a seu respeito assim: Vocês estavam mortos em suas transgressões e pecados, Efésios 2:1 E às vezes pensamos em termos de pecados, pensando assim: O meu pecado ele não pode restaurar! Ele foi capaz de tirar uma prostituta da linha de ataque dos exércitos para colocar essa mulher na linha de salvação do mundo. Se fez isso com ela, imagina o que pode fazer com você! b)Mas não pense que Deus veio resolver todos os seus problemas; antes de arrumar tudo, ele vai bagunçar tudo. NA VIDA DE RAABE DEVE TER PASSADO VÁRIOS CONFLITOS • Ele vem para nos destruir. • Morro com minha cidade? • Seria egoísmo salvar somente a minha família? Nossos conflitos não são muito diferentes, quando a mensagem da salvação chega a nós ela gera conflito: Estilo de vida, amigos, posição social, nossos vícios amigos. (Como nós cristãos vemos os vícios – Eles vão te destruir; você não pode viver de qualquer jeito.) 2 – A fé é uma semente A maneira mais simples de explicar o que é a fé é dizer que ela é uma semente; precisa ser cuidada com muita atenção. Mas como a fé brota em nós? Fé e obras; obras e fé. Pela fé a prostituta Raabe, por ter acolhido os espiões, não foi morta com os que haviam sido desobedientes. Hebreus 11:31 Caso semelhante é o de Raabe, a prostituta: não foi ela justificada pelas obras, quando acolheu os espias e os fez sair por outro caminho? Tiago 2:25 O que vem primeiro a fé ou as obras? Posso explicar que as duas andam juntas. Sua fé mudará suas atitudes e suas atitudes mudarão a sua fé. Por isso você precisa responder a cada pequena fagulha de esperança que possa haver no seu coração. E a cada resposta positiva essa fagulha aumentará, até que se torne brasas vivas queimando no coração. Quando você parar, essas brasas se apagarão até se tornarem cinzas. A coletividade O que diferencia o que estou dizendo a você de qualquer pensamento positivo? Por que a fé não procura fazer de você uma pessoa melhor, a fé vai fazer de você uma nova pessoa. É RADICAL!!!! Agora você é chamado para viver em coletividade. Jurem-me pelo Senhor que, assim como eu fui bondosa com vocês, vocês também serão bondosos com a minha família Josué 2:12 Como pode alguém dizer que a salvação é algo pessoal? Essa mulher está ensinando que a bondade que eu faço pode recair sobre cada membro da minha família É por isso que pregamos “Crê no Senhor Jesus e será salvo, tu e tua casa” VOCÊ NÃO MUDA PARA SI MESMO, VOCÊ MUDA PARA SALVAR SUA FAMÍLIA, SUA CIDADE, SEU PAÍS. TODOS AQUELES QUE VOCÊ PUDER. 3. A Fé que se torna em esperança Não sei você, mas eu acho que já começo a desfrutar algumas alegrias do céu (os pássaros me falam de um Deus bem-humorado). Apesar disso, há pessoas que esperam para um dia especial. A fé é para ser vivida hoje Acabei de falar sobre atitudes e fé andando juntas. E do texto temos o exemplo “Sei que o Senhor lhes deu esta terra Josué 2:9 Ela sabia, ou seja, tinha o conhecimento, mas agora era preciso viver de acordo com esse conhecimento. Então Raabe os ajudou a descer pela janela com uma corda, pois a casa em que morava fazia parte do muro da cidade Josué 2:15 A fé que se torna esperança Você não pode resumir a sua fé a um momento, tentar colocar “sua fé em ação” apenas para ter um momento de alegria não é fé, é apenas pensamento positivo. A fé é esperança, é saber que há de chegar um tempo em que a salvação se concretizará. Se é somente para esta vida que temos esperança em Cristo, dentre todos os homens somos os mais dignos de compaixão. 1 Coríntios 15:19 Conclusão Hoje é o tempo de você começar a crer, mas é o tempo de começar a agir também, porque fé e atitudes andam juntos. Hoje é o tempo de começar a construir a sua mansão celestial. E de colocar o seu nome na história. Mas Josué poupou a prostituta Raabe, a sua família, e todos os seus pertences, pois ela escondeu os homens que Josué tinha enviado a Jericó como espiões. E Raabe vive entre os israelitas até hoje. Josué 6:25 Raabe estava em uma cidade escondida, no fundo de uma vida obscura; mas a luz de Deus brilhou, e ela teve uma atitude de coragem que transformou a sua história e de sua família. A salvação é aceitar a oferta de paz de um mensageiro de Deus, confiar que Ele virá para livrar você no tempo certo.

Anúncios

A crise dos grandes homens

Série Grandes Exemplos (3) Asafe e A crise dos grandes homens

Salmo 73

 

Asafe foi um levita, filho de Baraquias, descendente de Gerson, filho de Levi (1Cr 6:1; 6:39-43). Asafe foi um músico importante da época de Davi, e foi nomeado pelos principais levitas como responsável pela música, juntamente com Etã e Hemã, quando a arca foi transportada da casa de Obede-Edom para a cidade de Jerusalém (1Cr 15:16-19).

HÁ VÁRIAS REFERÊNCIAS A ASAF E SEUS FILHOS, DESDE QUE DAVI SUBIU AO TRONO ATÉ O REGRESSO DO CATIVEIRO BABILÔNICO. SUA OBRA FICOU GRAVADA NO CORAÇÃO DO POVO. Sua experiência com Deus ajuda a contar o agir de Deus.

É por isso que preservamos os hinos antigos (até os com mais 500 anos de história).

Asafe era um Músico referência em sua época e posterior e apesar disso passou por uma grave crise religiosa.

Salmo que é uma aula sobre o que a tentação, mostra a razão da sua [quase] queda, onde ele se segurou e como foi a cura final.

Ele tem uma experiência religiosa normal. AS EXPERIÊNCIAS DOS HOMENS DO ANTIGO TESTAMENTO SÃO SEMELHANTES ÀS NOSSAS, NÃO HÁ NADA DIFERENTE

Por isso, olhar o salmo 73 como uma narração e não apenas como uma poesia nos ajuda a compreender e tirar princípios.

1. Sua [QUASE] queda

Ele foi tentado, sua tentação chama-se inveja

Tentação pode cegar até o homem mais valente. O ÚNICO PODER MAIOR QUE A TENTAÇÃO É O DE DEUS.

Verso 3: tive inveja…

◄ Lucas 22 ►

31Simão, Simão, eis que Satanás vos pediu para vos cirandar como trigo;    32mas eu roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça; e tu, quando te converteres, fortalece teus irmãos.    33Respondeu-lhe Pedro: Senhor, estou pronto a ir contigo tanto para a prisão como para a morte.    34Tornou-lhe Jesus: Digo-te, Pedro, que não cantará hoje o galo antes que três vezes tenhas negado que me conheces.

E daqui por diante temos a fé lutando contra o desespero. E desespero é pecado.

2. Se segurou [onde deu]

Não é à toa que usamos a expressão “cair em tentação”, de fato essa é a melhor explicação para o processo: é uma queda, onde há poucos lugares para se segurar.

Por isso, segure-se onde der, mas apenas se segure. Encontre um lugar firme para estar.

Quando ele começa o seu processo de cura ele diz Se eu tivesse dito “falarei com eles”, teria traído os teus filhos. (Salmos 73:15)

Foi nessa hora que ele percebeu sua queda e que era hora de parar.

Agora é hora de voltar a subir,  ELE SE PROPÕE A TIRAR OS OLHOS DESSE MUNDO E A PENSAR ESPIRITUALMENTE

até que entrei no santuário de Deus (Salmos 73:17)

ESSE É O LUGAR SECRETO DE DEUS – QUANDO VOCÊS ORAREM, ENTRA NO TEU QUARTO…

Ele pode então compreender o destino dos ímpios (v.17)

Compreendeu sua própria postura (quando estava longe de Deus): insensatez, ignorância e irracionalidade (v. 22)

3. A cura final

Na presença do Senhor ele encontrou um aperto de mão firme  e um conselho seguro

Então vocês verão novamente a diferença entre o justo e o ímpio, entre os que servem a Deus e os que não o servem. Malaquias 3:18

A mensagem o evangelho é essa: fujam da ira futura

Conclusão

O meu corpo e o meu coração poderão fraquejar, mas Deus é a força do meu coração e a minha herança para sempre.

Salmos 73:26

 

COMO SÃO AS PESSOAS QUE DEUS USA?

A história de Gideão mostra a plena suficiência das intervenções de Deus na história humana, que vão desde os pequenos detalhes, até as grandes conquistas, tudo está dentro de seu plano.
O período dos 12 juízes é uma parte da história de Israel em que não há uma liderança especial como Moisés ou Davi, o povo vive como um grupo de tribos, mas não como uma nação, cada um fazia o que queria.
Deus levanta entre o povo pessoas comuns para mostrar que enquanto Israel permanecer fiel ao Senhor ele seria próspero, ao se afastar o mal cairia sobre ele.

 

A cabalá (com acento agudo no último a)

Hoje estive estudando um pouco sobre a Cabalá (e eu sempre falei sem acento no final). Sim! Os judeus tem um lado místico. Inclusive com uso de signos do zodíaco.
Na visão judaica, os astros tem influencia sobre nossa vida; mas é apenas influência, a nós cabe o poder de decisão.

Ah! Então os judeus podem dar aquela olhada no horóscopo? Não! Não podem. bol_Deuteronômio_18_13,14

Isso não significa que eles não tenham olhado para o céu e dado aquela estudada, O conhecimento não implica em comprometimento. Os judeus nunca consultaram a astrologia para determinar se deviam ou não exercer determinada atividade, cientes de que, afinal, o comportamento do homem era o determinante, a cada instante, do seu destino. Judeus não consultam quiromantes e astrólogos, nem sequer os horóscopos impressos nos jornais. Isto não faz parte dos nossos hábitos de leitura.

Então por que olhar para o céu?

Os céus declaram a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos.

Salmos 19:1

Eles olham para o céu, por que toda a obra criada anuncia a obra de Deus.

Nós cristãos também reconhecemos que a obra criada anuncia o criador

Porque nele se descobre a justiça de Deus de fé em fé, como está escrito: Mas o justo viverá pela fé.
Porque do céu se manifesta a ira de Deus sobre toda a impiedade e injustiça dos homens, que detêm a verdade em injustiça.
Porquanto o que de Deus se pode conhecer neles se manifesta, porque Deus lho manifestou.

Romanos 1:17-19
O livro Frankenstein de Mary Shelley foi baseado numa lenda judaica que faz parte da Cabalá, querendo ou não, você já conhece um pouco do misticismo judaico.
Aqueles que acreditam nessa linha  mística pensam que há uma quantidade ilimitada de poder espalhada pelo universo que podem ser trazidos à nossa realidade quando falamos palavras corretas ou temos atitudes corretas. Isso lembra um pouco a magia e até mesmo o esoterismo contemporâneo.
Mas pensa comigo, se já está difícil cumprir aquilo que a Bíblia nos conta abertamente, imagine como é com aquilo que está em secreto.
Mas uma coisa boa que podemos aprender com eles é que, em sua maneira de ver o mundo, primeiro mudamos as atitudes, depois mudamos os sentimentos, pois são as atitudes quem mudam os sentimentos, nunca o contrário.

 

A coisa não está russa, ainda.

Esperando o próximo 7×1 (aí sim a coisa ficará russa), mas por enquanto só está ruça mesmo.

Quem já não usou esta gíria: A coisa tá ruça! O negócio tá ruço!

Mas, como se escreve: ruço(a) ou russo(a)?

“Ruço” significa “pardacento”; mas na gíria é usado com o sentido figurado de “complicado, cheio de adversidades, de dificuldades; perigoso, apertado.” (Dicionário Houaiss)

Exemplo: A situação ficou ruça depois que as empresas foram a leilão.

Portanto, se a coisa está complicada, pode escrever sem medo de errar: A situação está ruça!