Música do Bee Gees pode
salvar vidas, dizem médicos americanos

Médicos americanos especializados em atendimento de emergência descobriram
que a música "Stayin’ alive", da banda britânica Bee Gees, tem o ritmo perfeito
para ser seguido durante procedimento de massagem feito em vítimas de ataque
cardíaco.

De acordo com o manual da American Heart Association, as compressões no peito da
vítima devem ser feitas, durante o procedimento de ressuscitação cardiopulmonar,
em um ritmo de 100 vezes por minuto. O ritmo do refrão de "Stayin’ alive" é de
103 batidas por minuto.

A ressuscitação cardiopulmonar, conhecida pela sigla em inglês "CPR", é uma
técnica que consiste em compressões no peito do paciente vítima de ataque
cardíaco e respiração boca-a-boca. É utilizada em emergências como parada
cardíaca ou respiratória.

Segundo a associação americana, o procedimento de CPR aumenta em três vezes a
chance de sobrevivência de um paciente com parada cardiorrespiratória, mas boa
parte das pessoas tem medo de utilizá-lo por não saber qual o ritmo ideal das
massagens cardíacas.

Em um estudo condizido pelo cardiologista David Matlock, da faculdade de
medicina da Universidade de Illinois, constatou-se que aqueles que realizavam o
CPR ao som da música dos Bee Gees conseguia acertar o ritmo das massagens.

Fonte: http://portal.rpc.com.br/gazetadopovo/mundo/conteudo.phtml?tl=1&id=818524&tit=Musica-do-Bee-Gees-pode-salvar-vidas-dizem-medicos-americanos

Anúncios