Infelizmente a cultura cristã aprendeu a ler o Antigo Testamento para si mesmo, ou seja, lê cada promessa como se fosse algo pessoal, e não é. As promessas são para Israel, o povo de Deus. Isso é o mesmo que dizer que a Bíblia não foi escrita para mim.

A forma correta de leitura do Antigo Testamento é que a leiamos indo até Deus, isso é, compreendendo o caráter de Deus por trás das palavras ali contidas, não como promessas individuais, mas promessas reveladoras.

Assim, é errado compreendermos quando o AT diz ” nenhuma praga chegará à sua tenda” como sendo Deus falando que hoje, nesse dia em específico nenhum mal vai me acontecer, ou que meu parente doente não vai morrer. Isso é ler para si mesmo.

O correto é ler essa passagem e entender que Deus é mais poderoso que qualquer intenção maligna contra mim, que posso confiar nele. Qaundo lemos esse versículo devemos aprender algo de Deus e não uma promessa para mim, isso é que chamo de ir até Deus na leitura.

Se esse tipo de leitura fosse feita equivocos como os que vemos tão frequentemente de crentes decepcionados com Deus, por terem acreditado em promessas mal feitas, do tipo “hoje o seu milagre vai chegar” ou “Deus está prometendo isso a você” nunca teriam acontecido. Certeza que teríamos mais crentes maduros e menos decepcionados com Deus.

Anúncios