Cheguei ao aeroporto com a devida antecedência. Assim que cheguei pensei “já vai começar a dança das cadeiras”. É assim, sempre que pego meu cartão de embarque, me dirijo ao portão indicado, mas invariavelmente, o portão muda.

Pois é, hoje como cheguei um pouco mais cedo percebi que todos os voos mudam de portão, alguns várias vezes. Agora tenho certeza que fica alguém no telão se divertindo com a movimentação. Imagino até que rola uma jogatina, tipo o saudoso Bozo Cavalinho, como no vídeo abaixo. Fica um pessoal assim: Olha, aquele gordinho vai ganhar! Ah, eu aposto na senhora de blusa vermelha.

Da minha parte não tenho do que reclamar, não saudades de andar de ônibus, rsss. Sem falar que hoje eu estou bem arrumado (geralmente venho com qualquer roupa, como se fosse andar de ônibus), de blazer, perfumado. Não que eu tenha sido mal atendido alguma vez no aeroporto, ao contrário, sempre bem tratado, mas hoje eu fui tratado de um modo especial. Fiquei imaginando que das outras vezes eu estivesse especialmente mulambento, ou uma beca melhor faça as pessoas te olharem com menos preconceito mais carinho.

Daqui um pouco chego em Campo Grande.

Atualizando:

22:03, com 20min de atraso, anunciaram o embarque do meu voo. Estava sentado junto ao portão 2 (d.o.i.s), quando anunciaram que o meu embarque será no portão 10 (do outro lado do piso). Deu a largada, quem apostou em mim, perdeu feio.

22:07, o embarque voltou ao portão 2. Ainda bem que eu resolvi esperar. Agora é só esperar a fila diminuir e correr, digo, voar.

Anúncios