Não quero chover no molhado, quem quiser saber o que anda acontecendo com o patrocínio do blog “O Mundo Precisa de Poesia” pode procurar na imprensa afora.

O que eu quero colocar na pauta para os meus quase 3 leitores é quanto vale um pobre desabrigado, humilhado pelas chuvas e catástrofes naturais no Brasil (pois sim, no Brasil acontecem tragédias e catástrofes naturais de proporções gigantescas). Vamos comparar:

O governo de Mato Grosso do Sul vai receber um repasse imediato de R$ 5 milhões do Ministério da Integração Nacional para ações consideradas de maior urgência no auxílio a localidades isoladas por danos provocados pelas chuvas. […] foram elencadas 891 famílias que nem mesmo poderão voltar para a morada de origem por estarem e pontos de risco

Nem vou falar de pontes, casas, ruas e vilas inteiras que desapareceram. Não fosse apenas isso, hoje num canal local foi informado que por questões burocráticas o dinheiro deve chegar em pelo menos um mês nas contas do estado. Ou seja, esses pobres que se virem.

Já para o blog de gosto duvidoso de Maria Bethânia (coincidência ou não, super amiga da ministra Cultura) já está liberada a captação de R$ 1,3 milhão para a produção do blog “O Mundo Precisa de Poesia”. O dinheiro virá da exclusão de imposto de renda.

Detalhe mórbido, é que quem é vítima de catástrofes continua pagando impostos normalmente.

As leis brasileiras demonstram quem vale o que nesse país.

 



Anúncios