Dou os parabéns ao autor da postagem,Mauricio Stycer, Nunca tinha lido nada dele, mas foi de uma sobriedade ímpar.

Eu acrescentaria o altíssimo apelo sexual na novela (que só não se chama Amor estranho amor por uma questão de direitos autorais), num horário onde ainda há crianças assistindo. Infelizmente, pais i responsáveis deixarão seus filhos assistindo. A igreja estará calada. E o espiritismo será pregado em todo lar.

 

Até o momento, pelo sua insistência no tema e pela forma como está sendo abordado, “Amor Eterno Amor” parece uma peça de propaganda místico-religiosa. Para quem tem crenças diferentes ou, simplesmente, não crê em nada, a novela chega a ser incômoda, muito pouco convidativa.

via“Amor Eterno Amor” parece peça de propaganda místico-religiosa – blogs e colunas – UOL Televisão.

 

Anúncios