Houve uma pequena cidade em que havia poucos homens; e veio contra ela um grande rei, e a cercou e levantou contra ela grandes tranqueiras.
Ora, achou-se nela um sábio pobre, que livrou a cidade pela sua sabedoria; contudo ninguém se lembrou mais daquele homem pobre. Então disse eu: Melhor é a sabedoria do que a força; todavia a sabedoria do pobre é desprezada, e as suas palavras não são ouvidas.
As palavras dos sábios ouvidas em silêncio valem mais do que o clamor de quem governa entre os tolos.
Melhor é a sabedoria do que as armas de guerra.

Eclesiástes 9: 15 – 18

Anúncios