Imagem

 

 

Sei que você já leu muita coisa sobre igrejas, pastores, impérios, desencapetamentos e afins. Quero agroa fazer uma rápida e sincera reflexão sobre algumas verdades que não é muita gente que se dá conta.

A foto do post é minha, é uma imagem de 15/10/2013. Minha igreja fica num bairro simples em Cubatão. É composta de um grupo de cerca de 40 pessoas, homens e mulheres trabalhadores que podem ser considerados classe C. A foto mostra um mutirão (mesmo que só aparece o pastor da igreja), nós não temos dinheiro para pagar uma empresa que faça o serviço para nós. A igreja está em construção há 20 anos e falta ainda muita coisa para ser feita, e todo o trabalha é do suor do rosto de irmãos e irmãs que com alegria fazem esse trabalho.

Aí, você pode se perguntar, mas por que fazem isso?

A reposta é simples: nós cremos no evangelho do Reino de Deus. Estamos certos de que a palavra de Cristo é verdadeira e eficaz para a salvação da alma de todo aquela que quiser.

Isso é a inspiração de bilhões de pessoas mundo a fora. Pouco nos importa se há um pequeno grupo (que no Brasil é expressivo, mas não reflete a realidade do cristianismo na história e no mundo) que resolver subverter o cristianismo e fazer dele fonte de lucro.

A verdade é que pastores não são ricos, ganham seu sustento do seu trabalho. Muitos vivem apenas do salário da igreja, que lhes garantem o que comer, vestir e morar com dignidade. Mas há um bom número (como eu) que se mantem às custas do seu trabalho. Em ambos os casos, em sua imensa maioria, homens dedicados que abandonam sonhos, expectativas e até status para servir o Reino de Deus. Pessoas que suportam críticas mordazes para levar a muitos a palavra de salvação.

A verdade é que igrejas não ricas, vivem de ofertas voluntárias (que não trazem nenhum benefício àqueles que contribuem) que permitem que a igreja invista naquilo que acha necessário para a expansão do Reino de Deus. Seja por escolas, universidades, hospitais, orfanatos (aliás, se me permite um longo parênteses, orfanatos são instituições esquecidas pelo Estado, que em sua maioria são mantidas siliencioamente por insitituições religiosas as mais diversas, bem como asilos de idosos. Aliás, houve um tempo que até hospitais e universidades eram mantidos exclusivamente por religiosos no Brasil, o que por muitos é ignorado em suas críticas), claro que investimos também em templos.

Nesses templos nos reunimos para cantar e ouvir a palavra do pastor. Mas também nos reunimos para estudar a Bíblia (onde todos tem voz), realizar festas de casamento, chá de bebê (o salão lá da igreja é gratuito); alfabetização de adultos, discussões relacionadas à comunidade em que vivemos, discussões políticas, etc. Praticamos musicalização, introdução a vários tipos de artes. Discutimos como viver em sociedade e participamos dela. Em muitos lugares são oferecidas práticas esportivas, cestas básicas, auxílio a necessitados… Meu! É tanta coisa e tudo de grátis fruto da oferta voluntária de pessoas simples trabalhadoras.

A verdade é que muitos que nos criticam são pobres. Não tem consciência, não conhecem o dia-a-dia, sabem apenas o que veem na TV e se acham sabedores por isso. São pobres! Nunca leram Marx (como eu li!) mas acham que suas críticas marxistas invalidam ou intimidam nosso trabalho. Não sabem o bem que fazemos, mas gostariam que fôssemos estirpados da face da Terra por achar que somos ignorantes. Quanta pobreza!

Enfim, só quem já recebeu o calor de uma oração amiga no momento da angústia, ou que encontrou na Bíblia um conselho sincero sabe da verdade. Só aqueles que acabaram, exausto, um dia de multirão sabe a reconpensa que se recebe (e que não é em dinheiro, mas Deus paga à vista). Só os que viram as lágrimas de quem recebe nosso apoio, sabe qual é a verdade.

A igreja é a embaixatriz de Deus na Terra, e se você nos critica, faça mais do que nós. E veja se deixa de ser pobre, burro e ignorante, veja o que fazemos de bom antes de falar do que fazemos de mal (Ah! Claro, a gente faz bastante coisa errada, é que hoje só quero falar do que tá certo).

Anúncios