Antes que você veja o vídeo espero que saiba de algumas coisas. Primeiro, essa fala não representa o pensamento cristão, ao contrário, defendemos que não se mistura política e religião. Uma pena que nem todo mundo sabe brincar direito.

Segundo, já é público que a fala do Silas Malafaia tem tantos erros de conceituação que seria necessário escrever um livro para explicar tudo o que ele fala de bobagem. Seria necessário explicar o que é Marxismo, o que é comunismo, formas de governos. Seria necessário contar a história política brasileira, a ditadura… Aí, nesse  ponto, seria legal falar da direita ultraconservadora que apoia (e talvez até encomende) a fala do Silas. Aliás, eles se apoiam e se absorvem mutuamente.  Daria umas 100 páginas, no mínimo.

Acho que seria mais digno se ele dissesse que o cristão não  pode se comprometer com um projeto político que seja contra a democracia. Seria até válido. Ou que um cristão não pode se comprometer com os horrores cometidos por governos totalitários, que perseguem os diferentes. Seria até nobre. Mas ele não faz isso. Acho até uma oportunidade maravilhosa de chamar na “xinxa” (usando um termo que ele usaria) os evangélicos que apoiaram a ditadura no Brasil e mandaram para a cadeia e para a cova vários cristãos.  Seria pedir demais.

Em seu discurso ele valida as mentiras que fala em nome da verdade. Sr. Silas Malafaia, não se constrói a verdade pelo caminho da mentira. Isso fazem os ímpios. É por isso que cada vez mais repudio o que tenho ouvido de você. Seu compromisso com a política não vem da verdade e não pode ser tolerado.

Bom! Agora se quiser assistir, já sabe o que eu penso.

 

 

Anúncios